sábado, 13 de março de 2010

Poema Adolescente

Antes meu rosto coberto de espinhas
Que minh'alma repleta de espinhos.

Antes palavras, que azedas, são minhas
Que termos, tão ermos, mesquinhos.

6 comentários:

Joakim Antonio disse...

Concordo! Antes nossa água, mesmo que barrenta, pois ainda podemos filtrá-la do que maculá-la com mais impurezas.

Abraços!

Fernando J. Pimenta disse...

Nosso filtro só tolera nossa própria água, nossas próprias neuroses, nosso estoque de loucuras.

Edison Junior disse...

Legal!

Fernando J. Pimenta disse...

Eu estava de cócoras quando agrupei esse. Achei engraçado criá-lo.

Lucas Pascholatti Carapiá disse...

E depois de tudo, ainda somos jovens, adolescentes e imaturos.

Fernando J. Pimenta disse...

Somos, sim, Lucas. Não nos devemos levar a sério em demasia.