terça-feira, 23 de março de 2010

Cosmogonia

Ilha de Páscoa

Um berro irrompe da terra
Um berro primevo
Um berro de guerra

Um grito de atrito
Saído das trevas
Conflito longevo
O mito primeiro

A voz rompe a noz
Eis o universo
Desfaz-se em nós
Ei-lo emerso

Bón. Ecoa um grande som
Seu imesurável tom
Ribomba em frisson

Cavo cavernoso som
Tóm. Tóm. Tóm.
Cantam as aves
A fala se faz
Em ruídos incontidos
Puramente musicais

2 comentários:

Edison Junior disse...

Brincou legal com as palavras e sua sonoridade. Valeu!

Fernando J. Pimenta disse...

Valeu, Éd!