domingo, 18 de janeiro de 2009

Máximos e Mínimas

Ah! A poeira estelar!
Ver o novo dia raiar
A renovação da vida
Tudo visto de seu lar

Sua visão até então empedernida
Iria enfim desenpedrar
Como o Sol de todo dia
Que nos vem iluminar

Oh, vida Mia!
Costumava se expressar
Quão grande alegria!
Seu costumeiro exclamar

Viver...
Que belo verbo para Amar

Conhecer...
O ponto é começar.

Um comentário:

Marian; disse...

só pra dizer que eu mudei meu blog de novo o/
http://menascoisa.blogspot.com