sábado, 27 de fevereiro de 2010

Tique-Taque

Um peteleco no boneco
Para ele acordar
O trabalho eu exijo
E excluo o bem-estar

Eu sou a máquina
Eu sou o tempo
Eu sou um crápula
Sem sentimento

4 comentários:

Joakim Antonio disse...

E cada segundo nos é exigido mais e mais, aja corda no boneco ;)

Lembrei de Tom Zé agora.

Imaginei ele cantando seu post.

Fernando J. Pimenta disse...

Eu também compus cantando este. :D

(Mas eu tenho certeza que Tom Zé daria de dez em mim!!)

Bruno disse...

E eu sou o boneco (mas só de segunda a sexta, horário comercial).

Fernando J. Pimenta disse...

Você, eu, minha família... põe o Brasil e o mundo todo como boneco, meu caro Bruno! Enquanto for de segunda a sexta, horário comercial, ainda dá pra levar! hehe