quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Na Sala de Aula

Na sala de aula
Eu ouço e aprendo
De dentro da jaula
Eu colho remendos

Juntá-los inteiros
Meu ser curioso
Não quer dinheiro
Só e tão-só o gosto

De poder escutar
O marulho do mar
Que vem em palavras
E vem me encantar

A lousa vazia
Tão cheia
De rabiscos mentais
Se incendeia

É tão belo o ensinar!
No calor da lareira
Eu estou no meu lar

A imóvel cadeira
A tudo aspira
E tudo cheira
Fico mudo à mi'a maneira

Papeando calado
Já não estou só
O sábio ditado
Da minha avó

2 comentários:

Edison Junior disse...

"Papeando calado
Já não estou só"

Gostei disso!

Fernando J. Pimenta disse...

E eu também gosto disso!