terça-feira, 17 de novembro de 2009

Nature's Call

Early midnight spring
What news do you bring?
Will you rip my heart open
For me to finally sing?

My soul is soaken
My bones are broken
Not a word left unspoken
And yet no king to be seen...

Though nothing is as it seems
I guess... one nightmare... has killed all my dreams.

May I be wrong

4 comentários:

Nina disse...

Eu acredito que está errado.Você está vivo, então acho que seus sonhos também.
linda² poesia

ps:eu te faço querer escrever?xD
então escreva sempre que puder, por favor!
;*

Fernando Pimenta disse...

A intenção de escrever a poesia era provar-me errado. Opa, com certeza. Uma pessoa que nos lê, nos incentiva!

Lucas Pascholatti Carapiá disse...

O chamado da natureza, em plena meia- noite é meio estranho, chamados da natureza a essa hora seja quais forem, até mesmo os mais prazerosos, nos trazem aborrecimentos. Meia-noite é uma hora que geralmente estamos indo dormir... É complicado... E no dia seguinte acordamos mal, malditos chamados da natureza... Acordamos mal e molhados... Temos que tomar um banho, chegamos atrasados, é foda.

O pior são os sentimentos de perda, as dúvidas, como as de teu poema, esses são piores que os chamados da natureza! E um pesadelo pode destruir nossos sonhos, nada é como se parece, fato! Ainda bem que eu pensei isso antes! A I N D A B E M! No momento não pude perceber, mas agora percebi...

"Though nothing is as it seems
I guess... one nightmare... has killed all my dreams."

Ainda temos muito a dizer... You were wrong with that...

Fernando J. Pimenta disse...

Valeu, Lucas!! Sempre feliz quando você vem por estas bandas!